Parem com o fechamento de escolas para os sem terra

Tord Björk | education,MST,Repression,WSF | Saturday, March 7th, 2009

MST camp Photo by Pertti Simula

Parem com o fechamento de escolas para os sem terra e com os ataques oficiais no Brasil contra o Fórum Social Mundial:

Nós, os abaixo-assinados

1.    Protestamos fortemente contra o fechamento das escolas dos sem terra e o ataque às alianças do Fórum Social Mundial (FSM), que estão cometendo figuras políticas e autoridades do Rio Grande do Sul, lugar de nascimento tanto do FSM como das escolas do movimento dos sem terra, que estão trazendo esperança à educação rural e à democratização do mundo.

2.    Exigimos que se continue com o apoio e o financiamento público às escolas dos acampamentos e estabelecimentos do MST no interior.

3.  Exigimos que as autoridades no Rio Grande do Sul retirem o dito por um membro do Conselho Superior do Ministério Público, Sr. Thums, que referiu-se ao Fórum Social Mundial como um espaço de encontro de “terroristas e marginais”. Thums está também entre os responsáveis pelo fechamento das escolas itinerantes e pelas tentativas de ilegalizar o MST. Utilizar uma repartição pública para manifestar semelhante ofensa não está dentro dos interesses do estado do Rio Grande do Sul nem da integridade de qualquer serviço público.

4.    Protestamos contra a interferência de corporações transnacionais como Stora Enso na política doméstica, já que isto lhe concede meios aos que possuem dinheiro para influir na política local de forma não-democrática.
Também apoiamos a declaração do MST a seguir:

Desde o início da luta pela terra, a preocupação com a escolarização das crianças e adolescentes dos acampamentos do MST/RS acompanhou a trajetória do Movimento. Considerando esta realidade, muita luta e trabalho houve para se concretizar o direito a educação formal dentro dos acampamentos. Por isso declararmos o nosso total apoio as Escolas Itinerantes dos acampamentos do MST, atacadas pelo governo do Rio Grande do Sul e setores do Ministério Público que neste inicio de 2009, chegaram a declarar sua extinção.

O MST é um Movimento social e legítimo, portanto, tem o direito a uma educação de qualidade e que leve em conta a Itinerancia da luta pela terra e a educação do campo, na realidade em que as crianças e adolescentes estão inseridos, ou seja, juntamente com a família e a comunidade.

Exigimos a continuidade das Escolas Itinerantes dos acampamentos do MST.

Amigos de la Tierra Internacional – Holanda

Attac –  Hungría

CACIM  – India

Amigos de la Tierra – Brasil

Amigos de la Tierra – Finlandia

Amigos de la Tierra  – Suecia

REDES Amigos de la Tierra – Uruguay

Amigos del MST  – Finlandia

Amigos del MST – Suecia
Amigos de la Tierra – España

Amigos de la Tierra – Australia

Amigos de la Tierra – Sudáfrica

Censat Agua Viva – Colombia

Latin American Solidarity Network – Australia

No Comments

No comments yet.

Leave a comment

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI